01 de 03 – Instalação do SQL Server 2008 R2


Olá pessoal.

Hoje vou deixar um post sobre instalação do SQL Server 2008 R2 no Windows(claro né, onde mais seria? No FreeBSD?) e vale atentar para o fato deste tutorial ser baseado na instalação do modo Developer. Vou começar a partir do tópico Setup Role.

Vamos lá?

fonte: https://mastigado.wordpress.com

– Em Setup Role, marcar All Features.

– Dentro de Feature Selection, nas opções Analysis Services, Reporting Services e Integration Services da versão de desenvolvimento podem ficar desmarcados, pois só servirão para caso for utilizado BI. Deixando estas opções marcadas, mais recursos serão consumidos na máquina e por isso, num ambiente de desenvolvimento, isto não seria necessário. (Este recurso pode ser adicionado posteriormente).

– Em Instance Configuration, deixar a opção Default Instance marcada, pois se a instancia for nomeada, o nome dela deverá o nome do servidor + o nome da instancia caso utilizado o SQL Studio para conectar no banco, pois na hora da
conexão ele já vem com o padrão.
Nesta opção é só deixar marcardo o Default Instance e clicar em avançar.

– Em Server Configuration, tudo o que for possível ser marcado com automático, deverá ser posto.
Na opção Collation, deverá ser escolido SQL_Latin1_General_CP1_CI_AI(este é o meu collation padrão, ficará a seu critério qual será o seu). Na opção Use the same account for all SQL Server services, escolha o usuário de rede que desejar caso esteja em um domínio e use a senha que achar melhor ou, caso esteja instalando na mesma máquina que for usar e não numa rede que contenha domínio, utilize o usuário AUTORIDADE NT\SISTEMA que pode ser selecionado no campo Account Name ao apertar o botão Use the same account for all SQL Server services.

– Em Database Engine Configuration, na aba Account Provisionging, não marcar a opção Windows authentication mode porque só usuários do ad  poderiam ser configurados para acesso as databases.
Deve ser marcado Mixed Mode e especificar a senha do sa(system administrator) com a mesma senha definida acima(fazer isto por convenção).
Lembrando que usuário sa não deve ser utilizado por boa prática, pois não são gerados logs de suas ações.
Na opção Specify SQL Server Administrators, adicionar o meu usuário em questão e outros que forem convinientes para serem administradores da instância.

Na aba Data Directiories, marcar:

  • Data root directory: (não alterar)
  • User database directory: C:\Dados\Sistema
  • User database log directory: C:\Dados\Logs
  • Temp DB directory: C:\Dados\Tempdb
  • Temp DB log directory: C:\Dados\Tempdb
  • Backup directory: C:\Dados\backup

Na aba FILE STREAM, não alterar nada.

– Em Error Reporting, deixar desmarcada a opção.

Próximo post 02 de 03 – Restauração de banco, rotinas de backup e outras configurações do SQL Server 2008 R2

fonte: https://mastigado.wordpress.com

Sobre Mastigado
Sou um daqueles que precisa mudar o mundo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: