Missing Assembly References in Visual Studio

Olá pessoal!

Hoje deixar uma dica rápida para quem adicionou corretamente a referência de seu projeto no Visual Studio, mas ele informa como se ela não estivesse lá. Algo como na figura abaixo.

missing reference

Peguei o exemplo acima no site do Telerik e nele podemos ver que onde se encontram as marcações em amarelo são justamente os locais em que as referências não foram bem resolvidas.

Comigo esse fato acontece as vezes em duas situações distintas, são elas:

  1. Acabei de adicionar um ou mais projetos (que pertenciam a outra Solution) para dentro do Visual Studio;
  2. Ou renomeei um projeto, retirei-o do Visual Studio, depois criei outros com o mesmo nome ou diferentes, e outros projetos que dependiam dele não conseguem referenciar os novos projetos adequadamente.

Solução:

  1. Feche todas as abas que estão abertas no Visual Studio porque elas podem conter alguma referência antiga;
  2. Clique com o botão direito em cima do seu projeto e veja qual o TargetFramework ele está utilizando e tente colocar todos os outros projetos no mesmo padrão (referências antigas poderiam ter outras versões de Target Framework marcadas).
  3. Clique em cima da Solution com o botão direito e em seguida Clean Solution;
  4. Faça o mesmo procedimento na Solution, mas desta vez vá em Rebuild Project;
  5. Feche, abra novamente seu Visual Studio e cruze os dedos.

fonte: http://stackoverflow.com/questions/2231731/why-cant-i-reference-my-class-library

fonte: http://docs.telerik.com/teststudio/troubleshooting-guide/visual-studio-tg/missing-assembly-references

fonte: https://mastigado.wordpress.com

Anúncios

Utilizar o Debug do Android Studio num aparelho Android desconhecido

Olá pessoal!

Já faz um tempo que não posto por aqui e hoje vou deixar uma remodelada dica a respeito do que peguei neste blog sobre como colocar determinado tablet para entrar em modo debug no Android Studio.

Pois bem, o meu caso foi que precisei colocar o tablet Dell Vennue 8 para ser reconhecido no Android Studio porque só testar no meu aparelho celular não tava dando muito certo. Porém, precisei colocar também outro dispositivo desconhecido, um aparelho chamado Garmin Monterra e tive de fazer uma (pequena) alteração no procedimento ensinado pelo blog que peguei a informação.  “Mastiguei” ao máximo que pude o procedimento.

Vamos lá?

Ok!

Pré requisitos:

  • Entrar em modo desenvolvedor (vá em configurações  > sobre o dispositivo > clique 7 vezes no número de versão;
  • Verifique se o modo foi habilitado no Android;
  • Se estiver, habilite a depuração USB (em configuração>modo desenvolvedor > depuração USB);
  • No Pc, instale pelo Android SDK Manager o pacote Google USB Drivers;
  • Conecte seu dispositivo.

– Vamos até o Gerenciador de Dispositivos do Windows e localizamos o aparelho que queremos que nosso Android Studio reconheça para que possamos fazer Debug de nossas apps.

Garmin Monterra no Gerenciador de Dispositivos.

– Clicamos com o botão direito no dispositivo desejado e em seguida siga em Propriedades.

Garmin Monterra propriedades no Gerenciador de Dispositivos.

– Vá até a guia Detalhes e na caixa de Propriedade escolheremos IDs de Hardware.

ID de Hardware

– Copiamos os dois valores contidos na caixa Valor.

Valor de ID de hardware

– Na próxima estapa devemos procurar pelo arquivo android_winusb.inf e editá-lo. Em meu Windows 7 estava localizado em C:\Users\nome_do_meu_usuario\cminstaller\resources\drivers\usb_driver, mas este caminho pode variar de sistema para sistema.

Em seguida, procure a sessão onde está definida a configuração de ;Google Nexus (generic) e abaixo desta configuração (não do título da sessão) é que você deverá colocar o código parecido com o que está abaixo, porém com as informações de hardware do seu aparelho e não do meu.  Por isso lembre-se, essa aí abaixo é minha configuração e não a sua.


;Garmin Monterra
%SingleAdbInterface%     = USB_Install, USB\VID_091E&PID_2585&REV_0216&MI_01
%CompositeAdbInterface%  = USB_Install, USB\VID_091E&PID_2585&MI_01

Observe acima que existem duas variáveis (%SingleAdbInterface% e %CompositeAdbInterface%) que você terá de colocar para armazenar os valores que você copiou do seu ID de Hardware no Gerenciador de Dispositivos, na ordem que estavam. Repare bem o screenshot um pouco mais acima e o código logo abaixo dele, estão bem mastigados.

O que fazer quando você já fez este procedimento com outro dispositivo desconhecido?

Bem, quando você faz este procedimento somente em um dispositivo é tranquilo, mas quando você quer colocar um outro dispositivo desconhecido? Também é tranquilo, mas deve ser feita uma alteração no arquivo.

Repare (na figura abaixo) que já existiam duas variáveis com os mesmos nomes que usamos anteriormente (%SingleAdbInterface% e %CompositeAdbInterface%). E para resolver isso é simples, comente o código que apontava para o dispositivo que foi introduzido antes e adicione a linha que formatamos um pouco mais acima. Não se preocupe que o seu dispositivo anterior não irá perder o driver, pois ele já foi instalado no sistema operacional assim que foi dado o refresh do Gerenciador de Dispositivos.

android_winusb.inf

– Agora, volte no Gerenciador de Dispositivos, clique novamente com o botão direito no dispositivo desconhecido e em seguida em Atualizar Driver.

atualizar driver dispositivo

– Feito o procedimento acima, na caixa que se abrirá escolha o arquivo que foi inserida a informação do driver que deseja instalar.

atualizar driver de android_winusb.inf

– Aqui um detalhe importante de quando você for escolher qual será o driver utilizado. No blog que eu disse ter pegado a informação é dito que foi escolhido o driver com o nome ADB Interface e no meu caso escolhi Android Composite ADB Interface, portanto é bom que você perceba que podem ocorrer variações.

garmin novo driver

– E sim, no meio da instalação podem também acontecer avisos do Windows dizendo que não pôde verificar o driver. Sinceramente eu não tinha muito o que fazer, então deixei seguir.

driver não confiável

10º – Depois disso, clique em Fechar e finalize a instalação.

instalação driver finalizada.

11º – Quando voltar para o Gerenciador de Dispositivos pode ser que já esteja lá o dispositivo instaladinho e bonitinho ou o sistema operacional pode pedir para ser reiniciado assim como foi comigo e por aí vai. Se não funcionar de primeira refaça o procedimento com (mais) cuidado e (mais) carinho.  Outra observação que faço é que se você tiver plugado os dois dispositivos desconhecidos ao mesmo tempo, no Gerenciador de Dispositivos irá aparecer dois nomes iguais, portanto não temas.

dispositivo desconhecido reconhecido.

12º – E por fim, abra o Android Studio, ligue o Debug ou dê o Run. Eu pluguei os dois dispositivos desconhecidos (agora reconhecidos) para que todos vejam que não importa o número de dispositivos que você coloque, ele irá reconhecer todos após ter feito o procedimento correto.

garmin monterra on androi studio

Moral da história

Se você comprou aquele celular chinês de marca Android e quer usá-lo no Android Studio não temas! Existe uma esperança.

fonte: https://mastigado.wordpress.com

E claro, mais uma vez não poderia deixar de citar a fonte que inspirou este post:

fonte: http://cadnunsdimirdev.blogspot.com.br/2015/03/como-usar-seu-dell-venue-8-paratestar.html

%d blogueiros gostam disto: